Abútua ou Cóculos: propriedades terapêuticas e medicinais

ABÚTUA OU CÓCULOS

O nome científico da Abútua ou Cóculos é Chondrodendron platiphyllum e estudos apontam o alcalóide curine, que a abútua contêm, como o responsável por seu efeito anti-inflamatório e analgésico poderoso. Segundo estudos, já se cogita o uso da planta para produção de medicamentos farmacêuticos.

Abútua ou Cóculos é um cipó nativo da Mata Atlântica brasileira usado pelos indígenas e caboclos para diversos tratamentos, inclusive o de malária. Cuidado ao utilizá-la, é muito tóxica! Por esse motivo foi substituída pelo Quinino e outras plantas. Para você ter uma ideia da toxidade da Abútua ou Cóculos, os indígenas fazem o curare, veneno utilizado por eles para pescar e caçar, ele tem a propriedade de paralisar o animal.

Formas de usar

Decocção de raiz e caule – recomenda-se o uso exclusivo, no entanto, da tintura de abútua e não do chá. Chá para má digestão: Adicionar 2 g da erva de abutua em uma xícara de água fervente, tampar e deixar descansar por 10 minutos. Tomar 3 vezes por dia, depois das principais refeições.

O uso da Abútua ou Cóculos tem efeitos colaterais se ingerido em forma de chá em grandes quantidades, portanto muito cuidado. Pode causar aborto, taquicardia, taquipnéia e arritmia.

Propriedades terapêuticas da Abútua ou Cóculos

Na medicina cabocla, originada da soma de conhecimentos medicinais indígena, europeia e negra, a abútua é usada nos seguintes casos:

  • Menstruação atrasada e cólicas menstruais (muito cuidado, é abortiva)
  • Excesso de ácido úrico
  • Problemas renais, cálculos
  • Anemia
  • Artrite e reumatismo
  • Congestão do fígado, obstrução das vias hepáticas
  • Dores de cabeça
  • Febres (até mesmo a malária)
  • Inflamação da bexiga
  • Diversos problemas digestivos
  • Varizes, úlceras varicosas e feridas abertas
  • Hidropsia

Cuidados ao utilizar Abútua ou Cóculos

Como descrito acima, é uma planta que tem propriedades terapêuticas e também venenosas, portanto sempre procure orientação de um terapêuta fitoterápico que realmente entenda de plantas medicinais, o aborto, taquicardia, taquipnéia e arritmia serão os menores males causados por ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *